Cajon del Maipo, conhecendo as montanhas chilenas além das pistas de esqui

Por Natália Góes


Este era um passeio que eu queria fazer desde de quando estive no Chile em 2016; mas acabei esperando meu retorno ao país em 2017 para colocar este plano em prática. No fim acho que fiz a escolha certa! Isso tudo porque, depois de muito pesquisar sobre várias agencias, recebi a indicação de um guia excelente para este passeio e curti muito o meu dia na montanha. Os detalhes eu compartilho a seguir.

Embalse El Yeso: Tem como não se apaixonar? 


Reserve seu hotel em Santiago sem nenhum custo adicional através deste link.





O que é e o que esperar do passeio


Cajón del Maipo é um canyon localizado à sul/sudeste da cidade de Santiago, que em sua maioria está cortado pelo rio Maipo, muito utilizado para a prática de Rafting. É um lugar ideal para os amantes do ecoturismo e praticantes de esportes radicais, como Mountain Bike, Bungee Jump, Rafting, Escalada, Tirolesa, Ski e outros. Para atividades mais tranquilas, se pode fazer desde trekking a cavalgadas nas montanhas.

Oferece também muitos lugares com excelente estrutura para se passar um dia de pic nic ou até mesmo acampar em família.

O vulcão San José está situado em Cajon del Maipo; e graças a ele existem 3 banhos termais na região (todos rústicos): Termas El Plomo, Baños Morales e Termas Colina.

Em Cajón del Maipo também está situada a represa Embalse el Yeso, que é responsável por abastecer grande parte da cidade de Santiago com água potável. A represa está a uma altura de 2.500m acima do nível do mar e por sua variação de cores entre azul e verde e o seu contraste com as cores da montanha hoje é um dos principais atrativos turísticos do Chile.

Rio Maipo, ótimo para a prática de esportes como rafting

O azul impressionante do Embalse El Yeso


O caminho é super bonito. Cachoeiras, rios, montanhas e animais livres compõem o visual a todo momento

Pit Stop em nosso passeio



Como foi o passeio


Durante o passeio saímos de Santiago nos dirigindo às montanhas, começando em torno dos 600m e subindo aos 2500m de maneira suave, diferente do que ocorre quando vamos as pistas de esqui (por exemplo o Valle Nevado), onde a subida é bem íngreme e a variação de altitude ocorre de forma rápida.

Ainda na subida fizemos algumas paradas estratégicas para aclimatação e observamos toda a dinâmica do ambiente. Começamos observando o Rio Maipo, largo e extenso, de coloração barrenta e correnteza constante, ideal para a prática de rafting (várias empresas oferecem o serviço). Mais adiante observamos o encontro dos rios El Yeso e El Vulcan, que juntos formam o Rio Maipo. O contraste na coloração da água de ambos é incrível! Nas margens do Rio El Yeso, com águas azuis super límpidas provenientes do degelo, as pessoas acampam e fazem pic nic.

Primeira parada para aclimatação e observação do Rio Maipo. Este foi o jipe usado no passeio.

Mais uma parada; desta vez no antigo tunel de trens, onde há um memorial para o menino Willy

Uma parte do antigo tunel de trens

Mais uma parada no caminho para aclimatação


Durante o caminho passamos também por vários pontos de extração de gesso, o que faz o fluxo de caminhões ser intenso na área.

O Rio El Yeso é represado e seu reservatório abastece a cidade de Santiago. Seguindo nosso caminho chegamos até a represa e ao reservatório, o Embalse El Yeso. A paisagem é incrível! A água é azul turquesa, fria e muito limpa! A paisagem é apaixonante e merece muitas fotos, especialmente na "curva do vento", um dos locais de parada do tour, de onde se percebe a dimensão do reservatório. Seguindo pela estrada acompanhando a margem do reservatório se chega a uma área onde as pessoas se banham nele. Aí é possível tocar na água e sentir sua temperatura baixíssima.

Embalse El Yeso margeado pela estrada com intensa movimentação de caminhões

A curva do vento, que rende uma bela vista e ótimas fotos

Embalse El Yeso em outro ponto de parada, desta vez para sentir a temperatura da água (friaaa)

Um dos vários caminhões que cruzamos na estrada

Rio El Yeso e suas águas cristalinas


Seguimos caminho até o Parque El Yeso, onde ficam as estações termais Termas del Plomo, local onde fizemos nosso pic nic e pudemos experimentar o banho em águas quentes (termais). O banho é super gostoso e relaxante, o que mata é o frio na hora de sair. Mesmo sendo verão e fazendo um lindo dia de sol, a temperatura não era das mais altas por lá (minha estimativa era 10/15 graus).

Entrada do Paqrue Valle del Yeso, onde ficam as termas

Inicio da organização do nosso pic nic - incluso no passeio que fiz

Éramos os unicos que ostentavamos uma tenda para proteger do sol - um luxo!

Romeu, nosso guia, abrindo nosso vinho. Os petiscos já estavam servidos :)

Além do vinho e petiscos, água, cerveja e refrigerante estavam disponíveis

Termas: do lado de fora fazia sol mas estava frio; dentro a água estava quentinha e super agradável

Nada mal dar um mergulho com esta vista, não é mesmo?

Área do Termas del Plomo

Do lado esquerdo as água quentinhas; do lado direito uma pequena cachoeira de água geladíssima

Eu no meu mergulho quentinho com vista para as montanhas

Se tava bom? Tava ótimo!!!

Ai dentro estava uma delícia; o sofrimento foi na hora de sair para encarar o vento gelado..kkkk



Preços 


Entrada do Parque El Yeso: $6000 pesos chilenos (adultos) e $2500 (crianças) - Fev/2017

Tour guiado para Cajon del Maipo - valores sob consulta a depender dos locais visitados e tipo de tour (privado/compartilhado).

Contato para solicitar orçamento: Artur - transfersprivadoschile@gmail.com

Meu guia foi o Romeu, que conhece super bem a região de Cajon del Maipo, o que deixou o tour ainda mais completo. 

Não esqueça de mencionar que leu sobre esta visita em nosso blog. :)

Meu roteiro foi: Cajon del Maipo, incluindo Embalse del Yeso e Termas El Plomo. No meu tour a água e o pic nic já estavam inclusos.

Duração: aproximadamente 9h.


Romeu, guia deste passeio, que conhece super bem a região e deixou a programação ainda mais completa





Dicas extras


  • Leve protetor solar, óculos de sol e um chapéu/ boné para se proteger do sol. Embora a temperatura esteja agradável, o sol é bastante forte;
  • Leve um agasalho. Mesmo no verão e em dias de sol a temperatura por lá não é muito alta;
  • Use calçados confortáveis; no chão sempre tem pedras e muita poeira; 
  • Se for ao termas, leve roupa de banho, chinelo e toalha;
  • Confirme com o seu guia se ele levará algum lanche e água, ou se você mesmo terá que providenciar sua comida e bebida. 

Panorâmica mostrando parte da área do Termas del Plomo: à esquerda nosso carro (branco), ao centro as piscinas de águas termais




Comentários

  1. Que bom que gostou do passeio. Cajón é realmente lindo! Lindas fotos. Parabéns!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por deixar o seu comentário por aqui :)

Postagens mais visitadas